quinta-feira, 20 de maio de 2010

Remédio x chuvas


O mundo está acostumado a ligar a televisão e ver enchentes, morros que desabam e todo o tipo de tragédia. Porém a extensão dessa tragédia é percebida pelas pessoas quando acontece com alguém próximo. Mas qual o remédio para isso?
No Brasil, nos últimos dias aconteceram muitas enchentes e desabamentos. Segundo o Site Ultimo Segundo em Angra dos Reis situada no Litoral Sul do Rio de Janeiro, aconteceram deslizamentos e 39 pessoas morreram. Agentes da defesa civil estão retirando moradores da área de risco.  
Quando acontece um deslizamento de terras devido às chuvas muitas prefeituras decretam calamidade pública, organizam ginásios, escolas e outros locais para que os desabrigados possam ficar. Nesse momento é a hora de se perguntar: Qual é a atitude dos poderes públicos frente à prevenção desses desmoronamentos?
Outro fator que causa enchentes é o lixo jogado no meio ambiente, pois ele é arrastado pelas chuvas e entope bueiros, tornando a situação ainda pior. Se cada cidadão fizer a sua parte haverá uma diminuição das más conseqüências das chuvas.  
Cidadania é a condição de uma pessoa como membro de um estado participar da vida política exercendo seus direitos e deveres. Pode-se cobrar de autoridades que as pessoas que moram em encostas e morros sejam recolocadas socialmente antes que o local desabe.
Mas por outro lado falando em deveres se não jogarmos a figurinha do chiclete na rua, o bueiro tem menos possibilidades de entupir quando chover.  Podemos nos prevenir ao invés de comprar de remédios para tentar melhorar o desastre que já aconteceu.
A prevenção com certeza ainda é o melhor remédio. Pra que deixar que fatos aconteçam, se eles podem ser evitados?

Artigo realizado por Daiane Martins, produzido para a matéria de Redação Jornalistica III.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem muito!!!! Que Deus abençõe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...