Minha Vida: Testemunho Parte III


Eu falei para o pastor que morava em outra cidade, que já tinha ido a igreja universal na minha infância, ele me orientou a ir à igreja onde eu morava. E eu comecei a ir quando eu podia na Universal. Daquele momento em diante eu esqueci aquele rapaz. Mas o diabo não desistiu, sempre colocava homens no meu caminho pra me tirar da fé, e eu na época acreditava em Deus, mas não tinha aliança com Ele.
Eu trabalhava no movimento, e brigava com meus pais por isso. E conheci outro rapaz. Apaixonei-me desesperadamente por ele. Ele me traia fazia o que queria e eu sempre o perdoava. Sofria muito por ele. Eu ia à igreja o pastor me orientava e eu chegava a radio que trabalhava (ele também trabalhava lá) e fazia tudo errado. Eu era escrava do diabo sem saber! Era humilhada, chutada me sentia a pior pessoa do mundo, com esse namorado sofri traumas que só superei depois que conheci Jesus.
Passei fome, frio e tudo que se pode imaginar de ruim quando trabalhava nesse lugar.
Meus pais tinham muitas dificuldades financeiras, e eu também. Eu nunca bebia nem usava drogas, mas a ultima vez que esse rapaz me traiu eu tomei um porre horrível. Posei bebendo com um monte de rapazes. Foi o pior dia da minha vida! Passei muito mal. Nessa época meu pai descobriu que eu namorava escondido, ele ficou louco comigo. Brigamos muito. E eu viajei pela ultima vez com o movimento, fui traída mais uma vez, mas decidi que era a ultima, pois eu não agüentava mais sofrer.
Vim embora morar em Pato Branco com uma madrinha que eu tinha. Decidi que faria faculdade, pedi muito a Deus e depois de procurar emprego um mês eu consegui encontrar. Entrei na faculdade, sofria muito pelo meu ultimo namorado.
Comecei a ter muitos problemas em casa novamente. Minha madrinha simpatizante do espiritismo, católica até a raiz do cabelo. Não me deixava ir a igreja Universal. Às vezes eu até ia à igreja, mas eu não queria nem saber de compromisso com Deus, só queria as bênçãos que ele tinha pra me dar e mais nada. Hoje sei que é impossível ser feliz sem uma aliança com Deus. Você pode até ser abençoado mais sempre terá um problema e perderá para esse problema.
Comecei a ver vultos em casa. Fiquei desempregada. Brigava em casa, era mal-humorada e insuportável. Decidi ir à igreja e dessa vez pegar firme, mais as lutas vieram e eu perdi feio para o diabo. Eu ia à igreja, mas não sabia por que eu estava lá. Amigo leitor se você vai a igreja e nada de diferente, de novo aconteceu então acorde na fé antes que você durma eternamente! Ta esperando o que? Pega firme com Deus! Tem um ditado que diz assim: “Quem não conhece Deus pelo amor, conhece pela dor...” Eu fui pela dor, cheguei ao fundo do poço e continuei cavando para ir mais pra baixo ainda... O fundo do poço não é nada bom, você não precisa ir para lá!
Estava desempregada, e fui pra casa de meus pais era mês de Julho de 2008. Minha mãe teve que fazer uma cirurgia e queria que eu cuidasse dela, pois ela tinha que ficar vários dias de repouso. Mas a minha madrinha me ligou para eu voltar a Pato Branco procurar emprego. E eu voltei. Deixei minha mãe em uma cama de hospital e vim! Minha mãe sofreu nas mãos de estranhos cuidando dela. Mas pela misericórdia de Deus correu tudo bem.
Consegui um emprego quando voltei, mas como eu estava muito mal espiritualmente, só sentia vontade de desistir de tudo e sumir, ganhei a conta depois de duas semanas de trabalho.
Lá estava eu de novo procurando emprego. Mal sabia que mais lutas viriam. Consegui emprego, me envolvi com um homem separado e com um monte de filhos. Nesse momento comecei a querer ir a bailes e festas com ele. Minha Família não permitia que eu fosse eu me revoltava.
Decidi ir morar sozinha, não agüentava mais pessoas me controlando, me enchendo o saco, cobrando horários, explicações e tudo mais. Consegui uma casa, mas não tinha uma colher. Foi ai que Deus com sua imensa misericórdia me ajudou mais uma vez. Os vizinhos se reuniram e me deram os móveis e tudo que eu precisava.
As lutas continuaram e esse namorado me traia e me fazia de gato e sapato mais uma vez. Foi aí que conheci um outro rapaz que morava em outra cidade, e eu comecei a namorar com ele. Este era separado também e tinha uma filha.
Fiquei desempregada mais uma vez....
(Volte para continuação...)

Comentários

  1. Amigaaa

    Qnta luta hein?
    Nossa sabia de algumas , mais diante do q estou lendo, vejo o qnto Deus ttem propósitos p/ vc. E o qnto vc qér abençoar VIDAS E traze-las p/ op caminho do Senhor, através do seu testemunho........
    Q DEus continue a abençoando ..........
    Bjosss

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentem muito!!!! Que Deus abençõe!

Postagens mais visitadas deste blog

Engana sim! Mas engana a você mesmo!

Na beira de um precipício

Negando o chamado e caminhando para os braços de satanás