segunda-feira, 26 de abril de 2010

Minha vida: Testemunho Parte II


Cada vez a minha irmã piorava, e se ouvia falar que estava sendo feito macumba por uma pessoa conhecida, para destruir a nossa família. Foi nesse momento que abriu uma Igreja Universal do Reino de Deus em frente a nossa casa. Minha vó nos convidou a ir, ali meus pais pegaram firme com Deus e viram o verdadeiro milagre, minha irmã que para os médicos morreria, voltou a ter vida em abundância!
Mas alguns meses depois a igreja fechou. Meus pais pararam de ir, mas eu nunca esqueci do meu chamado, pois eu tinha seis anos de idade e convidava minha amigas de colégio para ir à igreja comigo.
Eu fui crescendo, era uma ótima aluna, porém já apresentava problemas espirituais. Eu brigava na escola e batia até nos meninos.
Lembro que já tinha muitas responsabilidades, com a casa, com as minhas irmãs, ajudava meus pais trabalhando por dia e com os animais que eles já tinham.
Quando tinha doze anos a minha família foi morar no interior e eu não quis ir. Fui morar na cidade próxima com minha tia e a mãe dela. Eu já tinha problemas sentimentais. Apaixonava-me, chorava, brigava e vivia um inferno com 12 anos de idade!
A mãe da minha tia era macumbeira e também espírita. Lembro que eu não conseguia nem entrar no quarto dela. Eu via vultos, coisas muito estranhas. Ninguém podia entrar na sala em que ela tinha as “imagens” dela e atendia as pessoas. De noite era horrível dormir lá. Ainda por cima a mulher tinha um monte de superstições, visões e um monte de coisas.
Sabe quando eu falo em espiritismo, falo que é do diabo com toda a certeza, pois como que uma pessoa é feliz fazendo o mal para a outra. Jesus é amor. Quem é de Deus ama o próximo, quem é salvo quer salvar. Vive em paz e não um inferno!
Três meses depois eu e essa mulher brigamos, daí fui morar no interior com os meus pais. E lá não foi diferente, ia bem na escola, mas tinha muitos problemas sentimentais e brigava muito com os colegas.
Já com 16 anos eu me envolvi com um movimento social e partir daí comecei a viajar com eles e fazer cursos. Não parava mais em casa. E quando estava em casa só faltava me matar com o meu pai brigando. E quando não era eu que estava brigando eram os meus pais. A nossa casa era um verdadeiro inferno! Até que um dia fui tirar férias na casa da minha vó que é evangélica de outra denominação. Fui com ela a igreja. Nessa época eu vivia uma paixão loucamente doentia por um rapaz que não me dava a mínima eu só faltava morrer por ele. Era coisa de outro mundo o que eu sentia. E era coisa do diabo pra acabar com a minha vida. Ele queria me destruir de todas as formas.
Mas nesse dia que eu fui a essa igreja aquele pastor falou tudo o que eu sentia. Tudo o que eu estava passando. Eu só sabia chorar. E Ele no altar dizia “Esse rapaz vai te abandonar, vai se aproveitar de você, você vai ficar grávida, com um filho sem pai, isso vai destruir todos os seus sonhos e afastará o plano que Deus tem em sua vida”. E falou mais um monte. Depois da reunião fui falar com aquele pastor. Como que ele sabia da minha vida? Quando ele orou eu passei muito mal.
(Continuação...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem muito!!!! Que Deus abençõe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...