quarta-feira, 28 de abril de 2010

Minha vida: Testemunho Parte IV


E mais uma vez bati em todas as portas que vi procurando emprego. Esse namorado dessa vez também me fazia de gato e sapato, pois eu ligava e ele não me atendia, mandava mensagens que não eram respondidas.
Final de 2008 eu consegui emprego de novo. E nesse final de ano decidi que levaria o dito namorado para meu pai conhecer. Mas fiz isso só para provocar a ira de meu pai, que aceitou, mas não gostou nem um pouco da idéia. Os planos de meu pai para mim eram outros, estudar etc.
Trabalhei um mês e meio e ganhei a conta, pois a namorada do meu chefe queria voltar a trabalhar no cargo que eu ocupava.
Comecei a ir a igreja de novo, mas eu implicava com o pastor (Ta amarrado esse diabo). Sofri muito nessa época, desempregada, sem dinheiro, com contas a pagar, morando de aluguel, sem dinheiro para ir para a casa de meus pais buscar o mínimo de comida que fosse. Mais uma vez eu era escrava do diabo. Apesar de todos os problemas que eu tinha o que mais me afetava era a minha vida sentimental, pois o meu namorado ficava dizendo que eu não o merecia, que ele não era a pessoa certa pra mim e tal; levava meses que não vinha me ver e não me respondia nem por msn.
Encontrei emprego de novo. Fiquei empolgada, trabalhava como auxiliar de estoque e em dois dias passei para auxiliar no financeiro. Mas o inferno começou de novo. Nós éramos em cinco mulheres no financeiro fora as de outros setores. Ninguém queria me ensinar e a menina que eu auxiliava vivia estressada, dando coices nas paredes. A chefe do financeiro era o capeta em pessoa. Eu chorava e odiava ir trabalhar. Fiz um voto com Deus, estava no fundo do poço não tinha mais nada a perder mesmo, a única coisa que eu poderia fazer era me entregar para Ele e buscar uma benção para subir do fundo do poço que mais uma vez eu estava.
E Deus me abençoou, usou a minha GRANDE amiga Patrícia (pessoa que eu tenho certeza que verei servindo ao senhor meu Deus de todo o coração e eu determino isso em nome de Jesus!) me arrumou emprego numa empresa que ela trabalhava.
Fiz a entrevista, consegui o emprego e pedi a conta do outro trabalho no mesmo dia.
Fui conversar com o pastor sobre meu namoro e ele me falou que eu deveria fazer uma prova. Terminar com ele e se ele não viesse atrás eu deveria esquecê-lo. E fiz. Liguei para ele e ele não atendeu, então mandei uma mensagem dizendo que seria melhor que acabássemos com esse namoro de uma vez. Ele Nunca mais veio atrás de mim. Mas eu ouvi a voz de Deus. Fiz a prova e Ele me mostrou que aquela não era a pessoa certa para mim.
Meu emprego era uma benção, cuidava de vários setores. Mais ainda não estava firme com Deus, ia na igreja quando dava. E sendo assim eu era sozinha, triste, vivia reclamando da vida, as pessoas não gostavam nem de chegar perto de mim, já vinham dizendo “não dá pra ficar perto só reclama da vida...”
Algo precisava mudar de verdade mas eu não sabia o que era...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem muito!!!! Que Deus abençõe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...