Aparentemente tudo deu errado. Mas qual é a vontade de Deus?


Sabe aquele dia que aparentemente dá tudo errado? Na verdade, isso para mim significou que eu tinha algo para aprender, e aprendi. Meu marido, chegou em casa e me mostrou a passagem em Mateus, que fala a respeito da prisão de Jesus. No momento em que Ele ia ser preso, um discípulo puxou a espada para defendê-lo, e então o Senhor Jesus disse: “Volta a sua espada a seu lugar, porque todos que empunharem espada perecerão á espada. Ou pensas tu que eu não poderia, agora rogar a Meu Pai, e que Ele não poria a minha disposição mais de doze legiões de anjos?”
Jesus poderia ter pedido a Deus para livrar-lhe daquele momento. Ele poderia ter chamado os anjos. Mas Ele preferiu fazer a vontade de Deus. È ai que mora a diferença entre fazer a minha vontade e fazer a vontade de Deus. É por isso, que muitas coisas dão erradas. Antes daquela prisão, Jesus orou, jejuou e se preparou, ou seja, Ele procurou saber qual era a vontade de Deus e quando chegou o momento, já sabia o que devia fazer e o que ia acontecer.
Quantas vezes, nós, esquecemos de perguntar a Deus qual é a vontade dEle para nossas vidas? E então, quando esquecemos, fazemos a nossa vontade e as coisas naturalmente dão errado! 
A reflexão que esta passagem sugere, é a respeito de saber antecipadamente qual é a vontade de Deus, e para isso é preciso estar em constante comunhão com Ele. E ainda mais, coisas às vezes pequenas de nosso cotidiano, antes de fazermos devemos entregá-las nas mãos de Deus e saber qual é a sua vontade.
Lição da semana: Orar pela manhã, e saber a vontade de Deus para o meu dia, confiando e entregando meus caminhos a Ele.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engana sim! Mas engana a você mesmo!

Na beira de um precipício

Negando o chamado e caminhando para os braços de satanás